O Chevrolet S10 (Silverado 10) é uma picape produzida no Brasil desde 1995 e desde então é líder absoluto de vendas no segmento. Com a sua mecânica relativamente simples, com manutenção um pouco mais barata que a concorrência, a S10 caiu no gosto popular e se tornou um dos maiores de “cases” da industria automobilística nacional.

A pesar de pouco ter mudado durante os 16 anos da plataforma antiga, passou apenas por pequeno um facelift (2ª geração) em 2003, a S10 manteve a liderança e ainda bateu recordes de venda nos últimos anos de vida dessa plataforma. Mesmo sendo uma plataforma bastante defasada em relação as rivais.

Em 2012 foi lançada a 3ª geração da picape, o que elevou ainda mais as vendas e a tornou praticamente imbatível no segmento.

Anos e modificações da S10

1995

  • Início da produção da cabine simples nas versões Standard e Deluxe na única opção de motor à gasolina de quatro cilindros, o 2.2 EFI

1996

  • Início da produção da cabine estendida (apenas S10 Deluxe) e dupla, a linha passa a contar com dois novos motores: quatro cilindros 2.5 Maxion Turbo Diesel de 95 cavalos (apenas cabine dupla) e o 4.3 V6 Gasolina de 180 cavalos (apenas cabine estendida) disponível apenas na versão Deluxe
  • Início da produção da Chevrolet S10 Blazer no brasil

1997

  • Os modelos passaram a utilizar 5 elementos de fixação em cada roda (anteriormente eram 6)
  • Início de fabricação da S10 Cab. Simples Deluxe 4.3 V6 Gasolina, e estendida à diesel
  • Outubro: chega as lojas a linha 98, e as modificações baseiam-se no motor à gasolina de quatro cilindros, que de EFI, torna-se 2.2 MPFI

1998

  • Início da S10 Cab. Dupla Deluxe 4.3 V6 Gasolina
  • S10 Deluxe Champ 98 com motor 4.3 V6 Gasolina (cabine simples), e cor verde – Referência à Copa da França
  • Inicia-se a fabricação das S10 e Blazer, com tração 4×4, nos motores 2.5 Maxion Turbo Diesel (exceção, cabine estendida) e 4.3 V6 Gasolina
  • Último ano das S10 Deluxe e com o motor à gasolina de quatro cilindros 2.2 e da cabine estendida à diesel

1999

  • Último de fabricação da cabine estendida e mudanças estéticas
  • Início de fabricação da S10 Cabine Dupla Deluxe Executive 4.3 V6 4×2 ou 4×4 (automática)
  • S10 primeira geração

2000

  • Fim do motor 2.5 Maxion Turbo Diesel em virtude da chegada do motor 2.8 MWM Turbo Intercooler Diesel de 132 cavalos. Último ano dos modelos 4.3 V6 Gasolina com tração 4×4, e último ano da S10 Cab. Simples Deluxe 4.3 V6 Gasolina
  • S10 Barretos com motor 2.2 (cabine simples, série especial)
  • Dezembro: é realizada a grande mudança em toda linha S10 e Blazer (linha 2001). Por esse motivo também é reavaliada a estratégia de vendas da S10 assim como suas versões, o motor à gasolina de quatro cilindros, passa de 2.2 (110 cavalos) para 2.4 (128 cavalos), apenas na versão Standard (cabine simples e dupla), e as versões Deluxe 2.8 Turbo Diesel 4×2 e 4×4 (apenas cabine dupla), assumem o posto de “top”, já que as versões 4.3 V6 Gasolina 4×2, são temporiariamente fora de linha

2001

  • S10 Rodeio com motor 2.4 (cabine simples, série especial)
  • Abril: motor 4.3 V6 Gasolina 4×2, volta em cena nas versões Deluxe e Executive (apenas cabine dupla), há também a opção de transmissão automática;
  • Dezembro: encerrada a produção da S10 Cab. Dupla 4.3 V6 Gasolina 4×2 (automática);

2002

  • Início de fabricação da S10 Cab. Dupla Executive 2.8 Turbo Diesel 4×4 (mecânica)
  • S10 Sertões 2.8 Turbo Diesel 4×4 (cabine simples e dupla, série especial)

2003

  • É realizada pequenas mudanças estéticas, as versões continuam sendo as mesmas (Deluxe passa para DLX) de 2002, com exceção da versão Sertões
  • S10 segunda geração
  • Agosto: encerrada a produção da S10 Cab. Simples à Gasolina
  • Versões passam a ser montadas por pacotes com base na versão Standard (linha 2004, e opção de pacote DLX para os modelos 2.4). O painel perdeu o voltímetro e o manômetro em virtude de custos

2004

  • Setembro: lançada a linha 2005 nos seguintes motores e versões, 2.4 Gasolina 4×2 (Colina e Tornado, apenas cabine dupla) e 2.8 Turbo Diesel 4×2 e 4×4; Colina (cabine simples e dupla); Tornado (cabine dupla); Executive (cabine dupla);

2005

  • Agosto: mudanças na grade dianteira em formato de cruz, entrada de ar para refrigeração do motor. O motor 2.8 Turbodiesel ganhou gerenciamento eletrônico, três válvulas por cilindro e injeção por duto único (common-rail) de 132 cv passa a 140cv, aplicação de acelerador eletrônico e o sistema Track-Lock, um diferencial blocante. Início da S10 Cab. Dupla Advantage 2.4 Gasolina 4×2

2007

  • Novo motor 2.4 FlexPower, 141(G)/147(A)cv, na versão Advantage;

2008

  • Restilização para a linha 2009 (capô, pára-lamas dianteiros e tampa traseira); Cab. Simples inicia a versão Advantage 2.4 Flexpower 4×2, e volta a ter a versão Executive à gasolina (cabine dupla, 2.4 Flexpower 4×2);

2010

  • Novas grade frontal, tampa traseira e novos bagageiro no teto e o para-choque dianteiro, mesma motorização (2.4 FlexPower);

2012

  • Nova geração é lançada em fevereiro, com nova motorização 2.8 diesel, gerando 180 cv e novo câmbio automático de seis marchas

2013

  • No final de 2013 a Chevrolet muda o motor de 2.8 diesel de 180 cavalos para 2.8 diesel de 200 cavalos tornando-a ainda mais potente, mesmo com o motor anterior de 180cv já era superior em relação a até então imbatível Hilux com apenas 171cv, com o motor mais potente de 200cv a S10 agora está entre as duas caminhonetes mais potentes do Brasil junto com a Ford Ranger.

Fonte: Wikipedia